Campanha de Financiamento Coletivo

A Taberna Ambulante

Chesterton escreveu um romance profético – e extremamente divertido.



Há mais de cem anos, Chesterton escreveu uma distopia.


Nela, a Inglaterra abandonava suas raízes cristãs, por conta de seus políticos progressistas, que tinham nojo da própria cultura. Ao virar as costas para a própria herança, o chefe do parlamento inglês, Lorde Ivywood, passa a enxergar no islã "a mais progressista de todas as religiões".


E assim, de cima para baixo, a partir de suas elites, a Inglaterra vai sendo islamizada. E por isso as tabernas passam a ser perseguidas.


Mas, como sempre, o heroísmo vem do homem comum. Um soldado irlandês, Patrick Dalroy, e o taberneiro Humphrey Pump picam a mula (literalmente!) e levam a placa da taberna de Pump por toda a Inglaterra.


É a cruzada do homem simples contra o establishment. Do cidadão contra o político que trai a própria cultura - e fé.


Chesterton, em plena distopia, também nos brinda com tiradas de bom humor incríveis. Alguns de seus melhores poemas permeiam todo o romance, nas cantigas de taberna de Patrick e Pump!



"Um país cujos universitários [e os intelectuais, e a classe falante, e o povo mesmo] são induzidos a admitir tranqüilamente a possibilidade de conceder privilégios especiais a uma comunidade religiosa recém-chegada, ao mesmo tempo que as religiões locais tradicionais são cada vez mais marginalizadas e perseguidas pelo establishment, é evidentemente um país que está sendo adestrado para imolar sua cultura no altar de seus inimigos." - (Olavo de Carvalho: "A aposta na guerra"; O Globo, 3 de janeiro de 2004).


Filósofo, jornalista e fã confesso de G. K. Chesterton, Olavo de Carvalho vem desde há muito sendo uma das pouquíssimas vozes a clamar no deserto contra as ideologias modernas e os ismos que sufocam e estrangulam o espírito do homem.

Figura inegavelmente contra-cultural, na contramão do establishment não deixa incólume nenhuma das vacas sagradas da modernidade, e já batia -- sem dó e na jugular -- no multiculturalismo, no globalismo e na islamização do Ocidente "before it was cool".


Não poderia, pois, haver alguém melhor para prefaciar "A Taberna Ambulante".

Se sem haver lido a coisa, num artigo que (infelizmente) nada tem a ver com Chesterton nem com tabernas, o homem nos sai com uma citação como a de cá em cima, e explica direitinho o livro, o que ele não poderá fazer ao prefaciá-lo?


Nos ajudem a publicar esse livro atualíssimo e divertidíssimo.


Apoie a campanha de “A Taberna Ambulante” e garanta já seu exemplar!


213,532.00
Financiados de 77,500.00
-181
Financiadores
15
Days Left
O Financiamento termina em
November
06
2017
 
Entrega das recompensas 20/12/2017 OPÇÕES DE FINANCIAMENTO:
Um Livro: 60.00

Um Livro + agradecimento nas redes sociais e site + frete grátis

Um Livro e um "Poeta": 99.00

Um Livro + um livro "O Poeta e os Lunáticos" + agradecimento nas redes sociais e site + nome no livro + frete grátis

Dois Livros: 99.50

Dois Livros + agradecimento nas redes sociais e site + nome no livro + frete grátis

Um Livro, uma Chesterton Beer "Pump" Pale Ale: 119.00

Um Livro + uma Chesterton Beer "Pump" Pale Ale + agradecimento nas redes sociais e site + nome no livro + frete grátis

Limite: 23 de 30 financiamentos.
Um Livro e uma Camiseta do Chesterton: 123.00

Um Livro e uma Camiseta + agradecimento nas redes sociais e site + nome no livro + frete grátis

Um Livro, uma Chesterton Beer "Patrick" Red Ale: 124.00

Um Livro + uma Chesterton Beer "Patrick" Red Ale + agradecimento nas redes sociais e site + nome no livro + frete grátis

Limite: 30 de 30 financiamentos.
Três Livros: 139.00

Três Livros + agradecimento nas redes sociais e site + nome no livro + frete grátis

Um Livro e um quadro: 174.00

Um Livro + um quadro + agradecimento nas redes sociais e site + nome no livro + frete grátis

Um Livro, uma Caneca Taberna Personalizada, uma Chesterton Beer "Pump" Pale Ale OU uma Chesterton Beer "Patrick" Red Ale: 199.00

Um Livro + uma Caneca Taberna Personalizada + uma Chesterton Beer "Pump" Pale Ale OU uma Chesterton Beer "Patrick" Red Ale + agradecimento nas redes sociais e site + nome no livro + frete grátis

Limite: 19 de 30 financiamentos.
Um Livro, um "Poeta", uma Chesterton Beer "Pump" Pale Ale e uma Chesterton Beer "Patrick" Red Ale: 210.00

Um Livro + um livro "O Poeta e os Lunáticos" + uma Chesterton Beer "Pump" Pale Ale e uma Chesterton Beer "Patrick" Red Ale + agradecimento nas redes sociais e site + nome no livro + frete grátis

Limite: 32 de 40 financiamentos.
Um Livro e um Curso: 249.00

Um Livro + um curso Chesterton e os Contos de Fadas + agradecimento nas redes sociais e site + nome no livro + frete grátis

Um Livro, um "Poeta" e um Busto Exclusivo do Chesterton: 369.00

Um Livro + um livro "O Poeta e os Lunáticos" + um Busto Exclusivo de Chesterton + agradecimento nas redes sociais e site + nome no livro + frete grátis

Limite: 15 de 15 financiamentos.

Primeiro lote encerrado

Lote 2 com entrega em março/2018

Limite: 4 de 13 financiamentos.
Sua marca no livro e sete livros: 2,500.00

Sete Livros + Sua Marca no Livro + agradecimento nas redes sociais e site + frete grátis

Step 1: Selecione a tua contribuição para o projeto A Taberna Ambulante

Detalhes das recompensas

DETALHES DO PROJETO

O Projeto

O livro, maior do que O Poeta, contará com mais de trezentas páginas, além de dezenas de ilustrações e várias poesias e músicas de taberna (de boteco, mesmo; hobbitnescas em toda a linha) traduzidas. A Taberna terá o formato 14x21 e será traduzido por Raul Martins e ilustrado por Júlia Máximo: os mesmos tradutor e ilustradora de nosso último livro.

Como n'O Poeta, aliás, haverá de se lhe costurar o miolo para só depois, com uma cola de alta durabilidade, nele colar a capa. Logo, é um livro, literalmente, para a vida inteira e além; para se comprar agora e saber que os seus filhos, os seus netos, quem sabe até os seus bisnetos, também o lerão.

 

O Orçamento

Patrick Dalroy, o soldado irlandês, e Humphrey Pump, o dono de boteco, precisam de você para que a Taberna Ambulante seja, de fato, ambulante, e possa sair do inglês e vir cá para o português, bonita que só. Eis, abaixo, para onde haverá de ir o seu suado dinheiro:

- O preparo editorial do livro;

- Tradução (feita pelo Raul Martins, o mesmo tradutor d'O Poeta);

- Revisão;

- Prefácio (escrito por alguém DE PESO -- nome a ser revelado, dentro em pouco);

- Ilustrações: o livro contará com mais de quinze delas, de tamanhos diversos;

- A capa;

- Diagramação;

- Impressão;

- Para costurar-lhe as páginas e colar a capa com cola de alta durabilidade (livro para durar a vida inteira);

- Empacotamento;

- Envio pelos Correios.

DETALHES DAS RECOMPENSAS

O Poeta e os Lúnaticos

Caneca

Camiseta

*Aqueles que quiserem a camiseta da campanha passada solicitem por favor no comentário da sua compra

* Informar nos comentários do pedido o tamanho: P, M, G, GG, XG, XGG, EXG

Busto Único e Exclusivo

Busto do Chesterton em resina;

Base acoplada em resina;

Proteção no fundo da base em camurça;

Escala de ¼ de aproximadamente 20cm altura (12cm busto e 8cm base);

Peça finalizada com aproximadamente 2kg;

Cerveja

Na campanha dO Poeta e os Lunáticos disponibilizamos como recompensa uma Cerveja stout exclusiva. E em "A Taberna Ambulante", onde a cerveja é uma personagem relevante, produziremos duas opções: uma red ale e uma pale ale! Cervejas elaboradas nos trinques chestertonianos. Cervejas personalizadas e especialíssimas para os fãs mais ardentes (e bon vivants) do Gilbert, legitimas "Chesterton Beer". Que chestertoniano confesso não gosta de uma boa cerveja artesanal?

*Se adquirir a cota de R$ 199,00 favor informar nos comentários do pedido qual cerveja deseja receber.

Curso

Nosso vice-presidente fala um pouco sobre o curso "Chesterton e os Contos de Fadas":

"'Platão? Aristóteles? Agostinho? Tomás de Aquino? Descartes? Kant? Jung? Olavo de Carvalho? Italo Calvino? Lopez Quintás?... Eu pensei que seria apenas um curso sobre Chesterton e os Contos de Fadas!'

Eu também! Pensei que leria apenas Chesterton, C. S. Lewis, Tolkien, Irmãos Grimm, Andersen, Perrault, etc! Mas a coisa vai muito além de historinhas no Reino Encantado e de cunho ético-moral. A imaginação faz parte da essência do homem e os Contos de Fadas trazem esse ensinamento como ninguém.

A imaginação é uma espécie de matéria-prima para a razão, ou ainda, é o início da atividade do bem-pensar. Uma imaginação fraca trará barreiras a um raciocínio robusto. Inversamente, o entendimento da importância da imaginação no processo racional do homem (e sua prática) traz grandes benefícios à educação intelectual.
Enfim, caí de paraquedas nesse arrojado projeto da Sociedade Chesterton Brasil de falar sobre "Chesterton e os Contos de Fadas" e acabei entrando em um mundo muito maior do que eu mesmo jamais imaginei. Cá estou nele. Quando vocês chegarem, apresentar-lhes-ei o que dele, em perambulações diárias, ando a conhecer.

'— Homem –disse-lhe –, quem é o senhor para não acreditar em contos de fadas? É muito mais fácil acreditar no Barba Azul do que no senhor... É de longe muito mais fácil acreditar num milhão de contos de fadas do que acreditar num homem que não gosta de contos de fadas... Olhe para estas palavras simples [de um dos livros dos Irmãos Grimm], modestas e práticas: «A avó do dragão». Isto está bem; isto está na ordem; isto é quase tão racional como o limite do racionalismo. Se houvesse um dragão, ele teria uma avó. Mas o senhor, o senhor não teve avó! Se tivesse tido uma, ela tê-lo-ia ensinado a amar os contos de fadas'. (G. K. Chesterton - Tremendas Trivialidades)"

Personagens da "Taberna Ambulante"

Com vocês, Patrick Dalroy, O Rei de Ítaca!

O irlandês é um oficial da marinha, cujos olhos azuis viram muitas guerras. Famoso por sua imensa estatura e força física, em sua primeira aparição no livro, Chesterton o compara aos heróis mitológicos como Odisseu.

Pois é na Grécia que ele faz sua entrada triunfal. Na guerra contra os turcos, libertou a ilha de Ítaca e se proclamou rei, com apoio popular.

É um espadachim habilidoso que cruzou lâminas por três horas com o temível general turco, Omar Pasha, deixando-o com uma cicatriz no olho.

O homem é quixotesco, aventureiro e apaixonado por bebidas e canções de taberna.

Junte-se a ele e Pump em sua rebelião contra Ivywood!

Não são muitos os taberneiros com o sobrenome “Pump”.

E menos ainda os que carregam o nome “Humphrey”.
O dono da taberna “O Velho Barco” é um temperamento estoico, rígido em seus princípios.

Sua mente é “um solo fértil de memórias e tradições”. É um homem de trabalhos manuais, que gosta de fabricar os próprios itens.

Patriota, ostenta na placa de sua taberna uma cruz de São Jorge.
Pump, como os amigos o chamam, será um dos líderes da rebelião contra Ivywood.

"O mundo foi mal feito. Eu irei fazê-lo de novo".

Um vegetariano, fã de arte moderna. Intelectual de gostos refinados e vanguardistas.

Um político que desde jovem fez uma carreira brilhante no parlamento, ostentando bandeiras progressistas de reforma social.

Um intelectual socialista, malicioso. Um conspirador que odeia o cristianismo

Polido, não bebe.

Conheçam Lord Ivywood, um dos maiores vilões de Chesterton!

Se o islã não submeteu a Europa pela espada, agora há uma arma ainda mais perigosa.

Misysra Ammon, O Profeta da Lua.

Um pregador. Um homem de oratória, falácias, carisma e lábia.

Um fanático que talvez não fosse levado a sério em Londres, se não fosse o apadrinhamento por Lorde Ivywood.

Se o líder do parlamento é a Besta, Ammon é o falso profeta.

Para submeter todo uma nação a uma fé contrária às próprias raízes, Ammon prega de maneira atraente aos moderninhos da "elite pensante" inglesa.

Afinal, não há nada mais parecido com o "amor livre" do que a poligamia, não é mesmo? Os pubs ingleses são, certamente, uma apropriação cultural árabe, de alguma maneira distorcida.

E o cristianismo é só um primo menor e distante do islã, "a mais progressista de todas as religiões".

Venha conhecer o desfecho dessa trama, um verdadeiro confronto entre dois mundos, um "épico sobre o crescente e a cruz" (palavras do próprio Chesterton!)

Dúvidas Frequentes

Quando serão entregues as recompensas?

20/12/2017

O frete é grátis?

Sim, está incluso no pedido, não precisa ser pago a parte.

Vou receber uma confirmação do meu pedido?

Sim, receberá por e-mail uma confirmação do pagamento que garante o seu pedido. Guarde o comprovante da sua operação para um eventual problema.

É possível pagar com boleto?

Sim, basta selecionar o método de pagamento "pagseguro" e optar pela forma de pagamento "boleto".

Em caso de dúvidas entre em contato com a nossa equipe da campanha:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Sua Dúvida

Descrição da sua dúvida